Páginas

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

África do Sul: hospital traficava órgãos de brasileiros


A maior rede privada de hospitais da África do Sul foi acusada de envolvimento em um esquema de tráfico de órgãos para serem usados em israelenses.
Os rins seriam comprados de brasileiros e romenos saudáveis por cerca de US$ 6 mil e utilizados em cirurgias ilegais, como noticiou ontem o jornal local “The Mercury”. Segundo o diário, os hospitais ganharam quase US$ 5 milhões com o negócio ilegal e o executivo-chefe da rede, o médico Richard Friedland, estava ciente dos transplantes. A Promotoria afirma que mais de 100 operações ilegais foram conduzidas na rede Netcare – que também tem hospitais no Reino Unido – entre os anos de 2001 e 2003. (O Globo)

Um comentário:

  1. Quer ser doador de órgãos, mas não sabe o que é preciso fazer para garantir que a sua vontade seja respeitada? O que diz a Lei brasileira de transplante atualmente? Saiba isso e muito mais fazendo as suas perguntas diretamente para o Ministério da Saúde, através do http://www.formspring.me/minsaude.
    Participe!

    ResponderExcluir